Jean Ragnotti – Os melhores momentos

MotoresPT | | 0 Comentários | 1240 Visualizações

Jean Ragnotti, o Francês que fazia o que queria com o seu Renault Clio Maxi e muitas outras máquinas da Renault, para muitos um dos melhor condutores de rally de sempre da marca Francesa.

Pelas mãos de Jean Ragnotti passaram as melhores máquinas da Renault da altura, entre elas Clio Maxi e o R5 Maxi Turbo, sempre acompanhado pelo seu «kit de unhas» a vencer sobre as curvas mais fechadas dos Rallies.

Ao longo da sua vida de piloto ganhou diversos títulos, tais como:

  • 1970 Vice-champion de France des Rallyes
  • 1975 Vice-champion d’Europe de Formule Renault
  • 1977 Champion de France de Rallycross
  • 1980 Champion de France des Rallyes
  • 1981 Second de la Coupe d’Europe de Renault 5 Turbo
  • 1984 Champion de France des Rallyes
  • 1988 Champion de France de Superproduction
  • 1989 Vice-champion de France de Superproduction
  • 1990 Champion de France des Rallyes Groupe N
  • 1991 Champion de France des Rallyes 2 Litres
  • 1992 Champion de France des Rallyes 2 Litres, vice-champion de France des Rallyes
  • 1993 Champion de France des Rallyes 2 Litres, vice-champion de France des Rallyes
  • 1994 Champion de France des Rallyes 2 Litres
  • 1981 Monte Carlo sur Renault 5 Turbo
  • 1982 Tour de Corse sur Renault 5 Turbo
  • 1985 Tour de Corse sur Renault 5 Maxi Turbo

É difícil de descrever tantas manobras e controlos de perfeita execução em palavras, por isso, recolhemos os melhores momentos de Jean Ragnotti ao longo da sua carreira como piloto da Renault, vejam:

http://www.youtube.com/watch?v=Okj8aHcn_Yw

Comentários

  1. nuno_br

    Desde que vi pela primeira vez este piloto em acção que sou fã incondicional dele. Se tiverem oportunidade vejam um documentário sobre ele feito pelo MotorsTV. Além de um piloto excepcional vão perceber que é também uma verdadeira personagem. Como dizem os ingleses, tem uma personalidade “larger than life”.

    PS: Só uma nota Miguel, o artigo tem um tom que se pretendia provavelmente nostálgico mas que chega a “assustar”. Quando comecei a ler cheguei a pensar que teríamos “más notícias”. Ainda assim, obrigado por relembrar este piloto que passa tantas vezes despercebido mas que tanto gozo e paixão pelos automóveis nos transmite.

Inicie sessão ou registe-se para comentar.