ISP assinalou aumento de reclamações em 33% nos Seguros

Ricardo Perdigao | | 0 Comentários | 670 Visualizações

02

O Instituto de Seguros de Portugal verificou que em 2009 realizaram-se 6.968 reclamações no  que toca aos seguros, o que equivale a um aumento notório do valor apresentado em 2008, cujo foi 5.247, o que equivale a 33% de aumento. Porém, o ISP verificou que mais de 50% das reclamações foram relativamente a seguros automóveis.

Este aumento pode justificar-se de várias formas, incluindo a forma de “continuação do desenvolvimento de instrumentos privilegiados para efeitos de contacto com o consumidor que, agilizando os procedimentos inerentes à formalização de uma reclamação, permitem o acompanhamento da sua evolução”, que significa que os clientes querem que o seu problema seja resolvido de uma forma rápida e acessível, e como na maior parte das vezes isso não acontece, são realizadas reclamações.

O ISP apresentou que 34% das reclamações foram realizadas através do Livro de Reclamações e a maior parte dessas reclamações são realizadas derivado a vendas desleais e publicidade. É também notório que a seguir às reclamações no ramo automóvel, o ramo de seguros de Vida com seguros de incêndios e multiriscos.

O Instituto de Seguros de Portugal pretende agora que as respostas das seguradoras às reclmaçãoes dos clientes, no que toca ao seguro automóvel, seja encurtado, de modo a que irá lançar um projecto de gestão de reclamações online. O projecto tem como objectivo facilitar o tratamento de reclamações, e tem como objectivo terminar com o papel no que toca às reclamações entre as seguradoras e os clientes, e assim os processos serão mais simples e acelerados.

Inicie sessão ou registe-se para comentar.