Criar Diário

Peugeot 206

Pedro André | | 22 Comentários | 4833 Visualizações

  • Marca
  • Modelo
    206
  • Motor
    1.6Hdi
  • Cor
    Preto
  • Potência (CV/NM)
    109
  • Utilização
    Diária
  • Quilómetros
    145000
  • Data Matrícula
    12/2004
  • Consumos
  • Urbano
    5.0 l/100km
  • Extra-Urbano
    4.2 l/100km

Sobre o Carro

Comprei este 206 em 2º mão, por já vir com as jantes 16″ e o alleron, estava muito estimado pelo o antigo dono, e o facto de ser preto foi decisivo para fechar negócio, sou fan de carros de cor preta.
Até hoje estou muito satisfeito com ele, apenas troquei o bimassa, embraiagem e fap, problemas que considero fazer parte da manutenção.
Mantém-se todo de origem, exceto a suspensão que foi rebaixada um pouco, para maior segurança e ganhar também estética..
De resto é usado diariamente, e espero eu que continue sempre a comportar-se à altura de um verdadeiro Leão !
Todo o carro foi detalhado por mim, quer o interior como o exterior, e essas sim, são muitas as horas que passo de volta dele para o manter sempre impecável, é quase uma paixão.

Aspectos Positivos

  • Posição condução

Aspectos Negativos

  • Caixa de velocidades

Extras / Alterações

Motor

  • Origem

Audio

  • Origem

Interior

  • Pedais GTI

Exterior

  • Detalhe Completo
  • Coil Over's
  • Lip 307

Imagens

22 Comentários

  1. Miguel Lucas

    Finalmente aqui está ele hehe

    Não há muito a dizer, na minha opinião é um modelo lindíssimo, com o motor certo e uma jantes….bonitas (não é perfeito porque as do RC ficariam ainda melhor).

    Nota-se que o detalhe deu outra vida ao carro, está muito cuidado.

    Grande abraço e vai dando novidades.

  2. Piedro

    Obrigado Miguel 😉
    Apesar de gostar das jantes do RC, talvez continue a preferir as minhas, por serem 16″ e não o pôr mais pastelão, e por serem mais raiadas, penso que dá um aspecto mais “racing” ao carro,

    Quanto ao detalhe, hehe, muitas, muitas horas passadas passadas na garagem, ele merece.

    Assim que tiver mais fotos, colocarei por aqui.
    Um abraço

  3. Mfk33

    Gosto bastante de ver um proprietário que se preocupa tanto com o carro. Pelo que vejo, está bem estimado… 🙂
    Apenas gostaria que, caso pudesse, colocasse mais fotos no diário-de-bordo e, se for possível, um vídeo.

  4. Pedro André

    Bom, passado uns meses, o 206 continua a ser muito estimado, a única alteração que levou foi o Lip do 307 que instalei no para-choques dianteiro, acho que lhe deu mais alguma agressividade na frente. Colocarei fotos assim que tirar.
    O interior também levou uns tapetes novos em preto.
    Está na hora de ser feita uma manutenção a toda a pintura de forma a deixá-la limpa de contaminantes e renovar o brilho, colocar protecção na pintura para se manter impecável.
    Há uma semana atrás foram retirados todas as jantes para se lavar por dentro e protegê-las, foram também lavadas as cavas das rodas e condicionadas.
    Vou actualizando, obrigado pelos comentários.
    Abraços

  5. Pedro André

    MFk33 peço desculpa responder tao tardiamente, de facto está muito estimado, todos os meus carros têm de vir e manterem-se estimados. Às vezes são estimados em demasia e é muita a dor de cabeça para o manter impecável, mas o gosto fala mais alto,

  6. ruibiza

    Uma máquina muito bem estimada como é hábito do Pedro. É um carro económico, que se mexe muito bem, e com uma bela estética, se não fosse o ibiza teria optado por um. Apenas colocaria as jantes 17 do 206 rc e caso surgisse um bom negocio as ponteiras e o respectivo para-choques. Talvez baixasse mais um dedo, mas acima de tudo mantem esta pintura e aspecto geral do carro que lhe dá um ar de saido do stand.

  7. BkT

    És tu que fazes o tratamento de detalhe ao carro? Deve ser dos 206 mais cleans que ja vi, está muito bonito mesmo, acho que só lhe mudava uma coisa, era escurecer as jantes um bocado, não sou grande fã do contraste entre as jantes e a cor do carro. De resto nota-se mesmo que é tratado com gosto!

    Bons km’s 🙂 abraço

  8. Pedro André

    Obrigado Ruibiza, estima é realmente o que não falta hehe, as jantes do rc sempre foi um pensamento, mas pedir homologação e encontrar um bom negócio era crucial. Com estas jantes mais raiadas dá-lhe um aspecto um pouco agressivo e também lhe assentam bem, as do rc fica só no pensamento mesmo. Ainda para mais estas jantes foram todas reparadas e pintadas para ficarem a condizer com a pintura 😉

    BkT, sim, sou eu mesmo que faço tudo, muita dedicação e horas infinitas a procura de deixar cada pormenor como novo, é um gosto enorme. Existe por aqui quem conhece o carro e nunca viu uma migalha ou grão de areia no tapete hehe lol.
    Obrigado pelo comentário, as jantes foram reparadas e pintadas a um ano, não sou muito de mudar cores e muitos pormenores, só o rebaixei um pouco por estética e porque era necessário, posso até dizer que não farei mais nada ao carro, só mantê-lo com muitas horas de detalhe 🙂

    Abraços

  9. Pedro André

    lol, plasmideo, faço percursos curtos por vezes, é um misto, evito nacionais. Confesso que por vezes tiro o carvão e abuso um pouco, mas normalmente até ando devagar, e tenho testemunhas lol.
    O consumo que aqui pus é baseado no CB, agora marca 5.1 porque apertei com ele nos ulitmos 90 km’s que fiz em auto estrada sempre a 130km/h e aí subiu para 5.1. Nem acho muito exagerado, mas baixinho como está e um amante de carros gosta sempre de fazer o gosto ao pé e ao volante, sempre com cuidado! 😉 também tens um 1.6 ?

  10. plasmideo

    Bolas o teu carro éstá a gastar muito em relação ao meu, que tem a mesma motorização. O teu também é comercial? É que no verão fiz 150 Km com AC ligado, meio depósito, duas pessoas e o carro fez-me média, segundo o CB de 4,7 e à mesma velocidade (130Km/h).
    Mas acho que a minha embreagem está em final de vida, também já conta com 200 mil :)))
    Vê o meu diário de bordo.
    Cumps

  11. Pedro André

    É certo que nao me preocupo muito com os consumo também, não faço reset ao CB talvez a mais de 500 km’s ou bem mais, estou convencido que se fizesse reset e fizesse o percurso que fizeste andaria próximo, mas é como te digo, não me preocupo.
    Sim o meu também é comercial, é de que ano ? Ouves algum chiar vindo da embraiagem? O meu só conta com 120 mil ainda.
    Vou lá passar 😉

  12. plasmideo

    Ouiço um barulho sim, um chiar e por vezes a frio a tentar fazer o ponto de embreagem é como se a embreagem estivesse a patinar e parece perder força em subida não quer arrancar… Já me disseram que são os apoios ou qualquer coisa assim do género, mas até ficar na estrada não mudo. A correia de distribuição já substituiste?

  13. Pedro André

    Isso é o bimassa que já não tem força nas molas. Problema normal, o meu fazia o mesmo, troquei tudo. A conta é que não é nada famosa no fim de tudo substituido, mas quando pensares nisso fala comigo que arranjei uns preços muito bons, e material da Sach. Isso de nao querer arrancar é mais impressão tua acho eu, sentes tudo a tremer um bocado, é isso ?
    A correia troquei a uns 5 mil km’s, tinha ele 118mil mais ou menos, a bomba de água já estava a perder água e nem se dava conta, ainda bem que mudei, de resto a correia estava “boazinha” segundo o mecanico e os rolamentos também, mas joguei pelo seguro.

  14. plasmideo

    Sim é isso, sinto tudo a tremer. E o bimassa ao fim cabo chega ser o que??? Mas é como te digo enquanto nao ficar na estrada não estou com muito apetite de trocar…

  15. Pedro André

    O bimassa é o volante do motor, mas em vez de ser uma simples roda, digamos que são dois pratos, preso por molas, tem como objectivo aliviar e proporcionar um arranque mais suave sem sentires “esticões”. Mas é simples, a embraiagem encosta ao primeiro prato, e como está ligado com molas ao outro, compensa de alguma forma o arranque e esticões, espero que tenhas percebido lol.
    Bem ao fim ao cabo poucas diferenças se notam, invenções dos engenheiros que servem só para gastarmos dinheiro.
    Já ouvi dizer que não é muito bom andar assim por começar a causar algum calo no veio da caixa, qualquer coisa do género mas não posso confirmar, li algures nos foruns peugeot.
    O meu veio com o mesmo sintoma, tremia muito ao fazer ponto de embraiagem, e as vezes tinha de acelerar muito e não sentia o carro a arrancar bem.

  16. Pedro André

    Bem, e após um ano o Leão continua na mesma, apenas um pouco mais velhote e com uns km’s em cima.
    Tem sido apenas mantê-lo sempre de boa saúde a nível de mecânica e claro, o detalhe, para o manter sempre impecável e não dar-lhe aquela aparência dos anos a passar.
    Ao fim de quase 3 anos de tê-lo como companheiro, ainda me sento ao volante e dou por mim a pensar que é um carro que dá algum gosto em conduzir, seja na agilidade, consumos, conforto, barulhos e despachado quanto baste.

Inicie sessão ou registe-se para comentar.