Criar Diário

Mitsubishi Galant Break GLS

H-h | | 24 Comentários | 5328 Visualizações

  • Marca
  • Modelo
    Galant Break GLS
  • Motor
    2.0TD
  • Cor
    cinzento metalizado
  • Potência (CV/NM)
    90CV/191Nm 2500rpm
  • Utilização
    Diária
  • Quilómetros
    310000
  • Data Matrícula
    N/A
  • Consumos
  • Urbano
    7.5 l/100km
  • Extra-Urbano
    6 l/100km

Sobre o Carro

Comprei esta Mitsubishi quando a minha Citroen xantia break TD 1.9 de 96 estourou o motor pela 2a vez . Neste momento tem mais de 310.000km , design moderno (os últimos modelos mitsubishi são um bocado parecidos ?), suspensão multilink com amortecedores a gás , comportamento excelente 😀 . Sò lamento a escolha de travões de tambor atrás nas breaks e discos nos sedans. Funcionam bem , mas acredito que com discos funcionavam ainda melhor 😉

Aspectos Positivos

  • suspensao multilink autonivelante
  • comportamento
  • conforto
  • Design

Aspectos Negativos

  • travoes tambor atras :(

Extras / Alterações

Motor

  • carretos e sinc. 1a e 2a valvulas a meu pedido na revisao dos 300.000
  • ABS
  • valvulas a meu pedido na revisao dos 300.000

Audio

  • Blaupunkt com Caixa CDs e comando ao volante

Interior

  • 2 espelhos electricos com desembaciamento
  • AC Automatico com Func Desembaciamento
  • Fecho Central
  • lampadas interiores LED
  • 4vidros electricos automaticos

Exterior

  • bola de reboque escamoteavel
  • minimos AF e placa matricula LED

Imagens

Vídeos

24 Comentários

  1. Miguel Lucas

    Bem vindo H-h,

    Poderá editar o seu diário-de-bordo sempre que quiser, basta clicar em “editar” no topo do diário.
    Ficamos também à espera das imagens!

    Abraço

  2. H-h

    Obrigado . Continuo a utiliza-la diariamente em grandes percursos e nos trajetos Portugal França já faz 4 anos . Chegou a andar a OVD 70% quando o litro era mais barato 😀 . Pega sempre a 1a . Na revisão dos 300.000 (correia de transmissão) mandei trocar os carretos da 1a e 2a e respetivos sincronizadores e por um novo conjunto de válvulas . Por questão de segurança pedi para trocar a bomba de agua , mas não valia a pena , a original nem desgaste tinha 😀

  3. H-h

    São muito raras na Europa , na Suiça parece que à algumas mas com o v6 a gasolina .
    A minha a diesel só tem 90 cv ,é muito fiável , na autobahn na Alemanha cheguei aos 218km/h segundo o GPS (o velocímetro só esta graduado ate 200km/h) , depois levantei o pé pois já ia entrar no red line e tive medo de estragar o motor .

  4. H-h

    Depois de mandar trocar as válvulas na revisão dos 300.000 , os consumos baixaram 1L /1.5L aos 100km e a potencia suspeito que deve passar os 90cv origem , pois sinto o motor extremamente reativo e com binário , continua a não beber óleo (utilizo exclusivamente 100% sintético da mesma marca todos estes anos ) . Como nunca a levei a um banco de ensaio , só posso afirmar a sensação que ela me da é de estar ainda mais potente , e não deixa uma coluna de fumo atrás , bem pelo contrario , no CT a opacidade baixou como seria de esperar depois de trocadas as válvulas (o mini filme do escape (TD Sound) vê-se uma pequena lufada no momento que toquei no acelerador e desaparece logo ) . Os injetores são os de origem , como é típico dos TD não TDi , já troquei uma vez as 4 velas de pré-aquecimento e 2 vezes a bateria (a original aguentou 195.000km) .

  5. Jimy

    Dá para perceber que tens muito cuidado com ele, os injectores o segredo é meter sempre gasóleo de qualidade certo? Já a bateria para durar tanto, presumo que não deves fazer muito km em cidade.
    Ainda está pronta para mais 300.000 😀

  6. H-h

    gasóleo de qualidade? só bebe gasóleo de supermercado , chegou a andar a OVD 70% , quando vou fazer grandes viagens (+de 500km no mesmo dia) compro aqueles frascos de limpa injetores e faço um ciclo completo por descarga de consciência 😀 . Quanto á bateria , faço muita auto-estrada e cidade , e até 2007 fartou-se de fazer cidade ( por isso é que pedi para trocar os carretos da 1a e 2a na revisão dos 300.000 , pois aqui com as temperaturas negativas e a neve , custavam muito a entrar devido ao uso/desgaste ). Agora está como nova. Como aqui na França puxo mais pela bateria (+ frio ,luzes e limpa para brisas ) a 2a bateria (Rascof Deserascatek) deu o berro num instante , tive de comprar uma 3a no supermercado , mas vou ver se depois compro uma boa em Gel para durar o resto da vida do carro .

  7. H-h

    😉 e como se vê no video , quase sem ferrugem na panela , só a ponteira é que ficou um bocado oxidada por causa do sal que metem aqui nas estradas quando neva …

  8. Hugo

    São carrinhas lindas e fixes de estética, estes motores tem uma coisa muito boa, com uma boa utilização do motor aguenta muitos mas muitos quilómetros, se calhar mais dos que saíram este ano 😉

  9. H-h

    Depois de ter andado no taxi mercedes 200d Português com 1.9 milhões de km (hoje està no museu da Mercedes em estugarda) , fiquei impressionado com a robustez mecânica de uma viatura .
    E esta la um taxi de 1976 Mercedes-Benz 240 D da grecia com 4.7milhoes km
    Ja não se fazem assim , agora tem de se ir ao museu para ver um carro que fez uma tal distancia

  10. taeki

    boas! estou a pensar ponderar comprar um galnt carro com esse motor do ano 2000. o carro encontra-se em perfeitas condiçoes, tanto mecanicas tal como de interior e exterior. que mais me pode dizer sobre o carro em termos de fiabilidade! o carro e de um amigo e vai levar uma embraigem nova porque a reduzir a segunda mudança custa a entrar! acho os consumos um pouco elevados,não?abraço

  11. H-h

    Olá taeki . O carro é muito fiável também , quanto ao problema da segunda pode ser idêntico ao meu , se tiver muitos kilometros em cidade , pode ter o sincronizador da 1ª – 2ª gasto .Nesse caso pedir para trocar os carretos e sicronizadores da 1ª e 2ª e todos os rolamentos da caixa e a embraiagem .
    O atuador da embraiagem é hidráulico , verifica se o deposito do óleo está no máximo e a cor deste é de um amarelo muito claro . Se baixou tens uma fuga , se o óleo está muito escuro , está saturado/degradado e precisa de ser trocado (aconteceu a um amigo meu no seu nissan almera).
    Quanto aos consumos , eu mandei trocar as válvulas aos 300.000km , e os consumos baixaram para os 7.5 em cidade e 6 em autoestrada (o carro deve consumir meio litro menos) e tenho a sensação de ter mais potencia que ao inicio . O segredo da economia do nosso motor 2.0TD está em conduzir no regime de binário máximo ,ou seja tentar conduzir entre as 2500 e as 3000 rpm . Em autoestrada os 120km/h são ás 3000rpm , a partir das 3000 ele abre a goela (na Alemanha a 180km/h de velocidade de cruseiro c/ AC ligado cheguei aos 10L/100km )
    Evitar os sub regimes em carga (menos de 2100rpm ) o turbo não está na sua capacidade máxima , vai “sujar” o motor e acaba por não desenvolver .
    O AC no verão faz subir 0.5 a 1 L nos consumos. ( O gás do AC do meu ainda é o de origem , e consegue fazer 4.0ºC de frio no máximo(medidos com sonda na saída dos bocais centrais) .

  12. taeki

    obrigado pelos esclarecimentos. trocar os carretos e sicronizadores da 1ª e 2ª e todos os rolamentos da caixa e a embraiagem fica muito caro?

  13. H-h

    estás assentado ? com 15% de desconto e 4 horas de mão d’obra na mitsubishi deu 969.87€ mais IVA , mas levou uma lista de + de 25 peças (muitas a meu pedido , pois estou com o objetivo de andar mais 10/15 anos com ela ) , os rolamentos são caros ,em media 61€ sem descontos (mais iva) , mas o carreto e a luva da 1ª 2ª é que fazem mal : 230€ e 192€ respetivamente (mais iva) . é um investimento a longo termo , mas se deixas o problema da caixa agravar acabas por ter de trocar mais peças .
    No teu caso pode ser só necessário trocar os sincronizadores ,que custa 99€ mais IVA . quantos km tens no teu ?

  14. taeki

    o carro tem 215000km mas o motor tem so 56000km.. bateu por baixo numa tampa de saneamento e as aguas chegaram-se a frente e foi posto um motor novo na mitsubishi. vou compra-lo agora a um amigo, mas o mecanico dele diz que e da embraiagem e antes de vir para mim vai levar uma embraiagem nova… eu so devo ter o carro la para terça..

  15. H-h

    Se tem um motor com apenas 56000km é um achado . Se o mecânico fez o diagnostico e diz que a mudança não entra por causa da embraiagem … se me dissesses que ela patinava eu compreendia de toda a maneira não perdes nada em muda-la , o mecânico também deve dar garantia no trabalho que vai fazer . A minha ainda é a original apesar dos 310.000km , quando mandei ver a caixa o desgaste era irrisório , o mecânico estava admirado como é que eu consegui fazer tantos km com a embraiagem original .
    O segredo eu penso que está da maneira que eu uso a embraiagem nos para/arranca dos engarrafamentos e para estacionar , é raro tocar no acelerador , eu faço o ponto de embraiagem ao ralenti e é suficiente para a manobrar ) .
    O único carro que preciso de compensar com o acelerador é o meu BX GTi , regulei o ralenti para menos de 1000rpm para fazer um pouco de economias mas como tem o circuito hidráulico mais complexo (suspensão + travões + direção assistida ) , solicita o motor constantemente durante as manobras .

Inicie sessão ou registe-se para comentar.