Criar Diário

Ford Fiesta Mk7,5

Mfk33 | | 4 Comentários | 2987 Visualizações

  • Marca
  • Modelo
    Fiesta Mk7,5
  • Motor
    1.0 Ti-VCT
  • Cor
    Moonlight Silver
  • Potência (CV/NM)
    80PS/78CV/105NM
  • Utilização
    Diária
  • Quilómetros
    70600
  • Data Matrícula
    11/2015
  • Consumos
  • Urbano
    --.- l/100km
  • Extra-Urbano
    4.6 l/100km

Sobre o Carro

Bom dia!

Comprei este Ford Fiesta Mk 7,5 1.0 Ti-VCT Titanium usado no dia 22 de Dezembro de 2019. Ele está inscrito no Fiesta Club Portugal, caso alguém que esteja a ler isto também tenha conta lá. Este texto é basicamente o que está na Garagem do Clube, excepto algumas alterações.

Atualmente, está perto dos 71000 quilómetros. Desses 71000, 48263 km foram percorridos por pessoas aleatórias que espero que tenham sido simpáticas para o carro, e o resto foram percorridos por mim. O carro vinha com várias mazelas de mau estacionamento, mas em termos mecânicos parece estar saudável. Eu acrescentei uma atrás (do lado direito) e outras nas jantes.

Diário de Bordo:

Dezembro de 2019
22 – Tornei-me oficialmente no proprietário de um Ford Fiesta. Veio com toda a documentação necessária, mas apenas uma chave. A outra ainda estava com a empresa que anteriormente era dona do carro.
Saí do stand com ele e fiz logo um passeio de 50 ou 60 quilómetros com ele, para começar com o pé direito. Veio com o depósito cheio (ou quase cheio), portanto há que aproveitar. A bateria da chave é que não quis cooperar, mas não estragou a festa. Ainda andei mais uns dias com a bateria assim sem problema, até que a troquei por uma CR2032 da Sony.

Janeiro de 2020
11 – Chegou a segunda chave. Perdi o medo de perder ou danificar a outra chave no trabalho.
21 – O carro levou uma matrícula traseira nova, cortesia do stand. A matrícula anterior estava algo desgastada pelo sol.
25 – Primeira viagem longa. Fomos passear até ao Porto. Chegou lá com 50,015 km e com uma média de 4,9 l/100 km. Decidi ir ao supermercado antes de ir para casa, quando notei um ruído ao fechar a mala. Pensei que tinha dado um toque com a mala num saco qualquer dentro do carro, mas não. Afinal foi a matrícula a sair do sítio! Um dos grampos decidiu demitir-se. Ainda andei com ela assim uns dias, endireitando-a de vez em quando, para evitar estar a pedir uma matrícula nova.

Fevereiro de 2020
03 – Lá tive que pedir uma matrícula nova, mas não tive tempo de ir ao stand para a instalar. Como estava com pressa para ir trabalhar, comecei a viagem com a matrícula (a que caiu, não a nova) em cima da cobertura da mala (dentro do carro). Foi uma ideia genial… até que ela tombou 500 metros depois. Continuei a andar. Seria interessante explicar a situação à polícia, mas felizmente não precisei de o fazer.
04 – Problema resolvido de novo, cortesia do stand.
28 – Como achava que o pedal do travão tremia quando o pressionava, decidi finalmente levar o carro ao stand (como ainda está dentro da garantia) para ver se havia algum tipo de problema nos travões. Como estava com pressa, tentei estacionar num sítio mau e digamos que correu mal. Risquei o carro num sinal de parque de estacionamento que estava afixado num muro. Se eu escrevesse os palavrões que me saíram da boca nesse momento, seria banido deste site. Vou só dizer que não fiquei nada contente, uma vez que foi o primeiro risco que fiz no carro em si (sem contar com o retrovisor nem a parte de baixo do pára-choques dianteiro). O dono do stand foi porreiro e tentou meter um produto para remover o risco, mas o dano estava feito.
Voltando aos travões… segundo ele, não haviam problemas nenhuns nos travões e o pedal a tremer tem algo a ver com o ABS (deixei-o conduzir o carro para ver o problema). Isso nunca me aconteceu antes, portanto ainda estou na dúvida se é mesmo do ABS. Eu acho que não, mas ele sabe mais do que eu. Quando fizer a minha primeira revisão ao carro, vou mencionar esse assunto na oficina para eles darem uma olhadela como deve ser aos travões.
Voltando ao risco: é do tipo de risco que uma pessoa não nota se olhar para o carro normalmente, mas quem estiver atento repara nele.

Março de 2020
7 – Dei um passeio com o carro até S. João da Madeira. Saí de lá com sacos do Continente, papel higiénico (só uma embalagem, não vinte) e um livro do George Orwell. Fun times.
14 – Apesar do coronavirus, tive que sair de casa para tratar de uns assuntos. Como o tempo estava excelente e já estava fora de casa de qualquer das maneiras, aproveitei para lavar o carro (com esponjas, não com pressão), verificar o óleo e os restantes líquidos, e tirar umas fotos. Também encontrei ferramentas da Ford numa loja. Nem sabia que a Ford fabricava ferramentas. Aparentemente são licenciadas a uma empresa qualquer e têm logótipos da Ford.
Quilometragem atual: 51966 km.
26 – Fiquei sem líquido limpa-vidros no dia anterior, portanto adicionei líquido da Boost. Parece ser decente, tendo em conta o preço. A Ford teve a ideia genial de colocar o sítio onde se põe o líquido a centímetros de distância da bateria. Como não tinha um funil, lá decidi deitar fora uma parte do líquido para evitar dar um banho desnecessário à bateria. Está calor, mas não tanto.
Infelizmente, um pássaro tomou a liberdade de estabelecer quem é o macho alfa nesta zona, deixando um “aviso” no meu carro para não me meter com ele. Abri a porta só com um dedo durante o dia todo.

Abril de 2020
12 – Criei este Diário de Bordo, após anos à espera de poder ter um carro meu. Worth it. 🙂
27 – Aproveitei uma pequena parte do meu dia para ver se o meu carro não anda a urinar em locais públicos. Parece estar tudo ok, incluíndo o nível do óleo (não tirei uma foto porque precisei das duas mãos para segurar e limpar a vareta do óleo).

Maio de 2020
04 – Dei um passeio até S. João da Madeira. 4,4 l/100km na viagem de ida. Estes 4,4 aumentaram para 4,7 quando voltei.
09 – Mais um passeio até S. João da Madeira. Tive que devolver um artigo que não tinha o desempenho esperado. Não consegui os 4,4 l/100km de novo, mas tentei.
Pelo caminho, reparei nuns sítios porreiros para tirar fotos. Hei-de tratar disso quando estiver sol.

Consumos/Gasolina
A média mais consistente que consigo, segundo o carro em si, é 4,6l/100km. Para quem quer mais informações, eis um link para o Spritmonitor:
https://www.spritmonitor.de/en/detail/1286635.html

Mecânica
2020
08 de Fevereiro – Permuta dos pneus. Os da frente foram para trás, e vice-versa.
24 de Abril – Para quem se lembra, escrevi no dia 20 de Fevereiro que sentia o pedal do travão a vibrar quando travava. Após publicar um tópico no fórum sobre o assunto, decidi experimentar a sugestão do skycrypt de tirar as rodas fora e ver se o tambor prendia em algum lado. Como sou um profissional com anos de experiência, obviamente que me esqueci de ler a parte de rodar a polia-tambor devagar para encontrar o problema. Girei aquilo como se estivesse a empurrar um carrinho de compras. No entanto, e por estranho que pareça, a vibração desapareceu durante a viagem de regresso. Durante a semana, vou ver se tenho algum tipo de mãos mágicas ou se preciso de diagnosticar o problema como deve ser.
Fiz dois vídeos que possam ser úteis para quem percebe mais de mecânica do que eu. Aproveito para agradecer a todos os que deram feedback até agora.
27 de Abril- Aproveitei uma pequena parte do meu dia para ver se o meu carro não anda a urinar em locais públicos. Parece estar tudo ok, incluíndo o nível do óleo (não tirei uma foto porque precisei das duas mãos para segurar e limpar a vareta do óleo).
30 de Abril – Levei o carro à Renault de Vale de Cambra para ver o que se passava com os meus travões. Afinal não havia problema nenhum, e a vibração ligeira que sentia nos travões é normal. Tem a ver com o ABS a atuar, principalmente em estradas molhadas. O Pedro Pinto (do stand onde comprei o carro) tinha razão. Mesmo assim, acho que fiz bem em confirmar. Mais vale prevenir do que remediar.
30 de Maio – Estava a conduzir quando ouvi um ruído, como se a chave tivesse caído do bolso e aterrado no chão. Quando cheguei à vila, decidi andar à procura da chave com o meu pai. Não aparecia em lado nenhum. Após passar bastante tempo a procurar, e a tratar de uns assuntos entretanto, descobri que ela escolheu um sítio óptimo para se esconder. Sabem daquele espaço deixado vago entre o travão-de-mão e o plástico? Sim, a chave caiu aí. O problema é que não tinha chaves Torx para desmontar a consola central… fui a uma loja, e não tinha nada. Felizmente, a segunda tinha e lá vim para casa.
Depois de dizer umas palavras simpáticas sobre mim próprio e sobre o(s) génio(s) da Ford que se esqueceram de tapar aquele buraco como deve ser, e de pesquisar na Net como remover a consola central, lá descobri que apenas precisava de remover dois parafusos atrás para levantar o plástico o suficiente. Com a ajuda da parte metálica de uma escova dos wipers e do meu pai, lá consegui tirar a chave de lá. Enquanto fazia isto, descobri que não fui o primeiro coitado que teve que abrir aqueles parafusos. Reparei que as anilhas não estavam direitas. Problema resolvido.
Recomendo terem cuidado com o que põem nos bolsos das calças.

2021
03 de Fevereiro – Lembram-se do problema que achava que tinha nos travões (24 de Abril de 2020)? Afinal não era paranóia minha. Levei-o a outra oficina para descobrir se havia algum problema. Resultado: os discos precisaram de ser rectificados, e o carro levou pastilhas novas. Agora o carro trava como deve ser, sem vibração desnecessária. Só tenho pena de não ter feito isto antes.
09 de Fevereiro – O carro estava a precisar de sapatos novos, portanto tive que lhe comprar uns. Gostei dos anteriores, portanto não troquei de marca.
16 de Abril – Não tinha nada para fazer, portanto decidi levantar a parte de baixo do banco traseiro só para ver como aquilo estava. Resultado: bastante pó, juntamente com um cêntimo e uma moeda de plástico do Jumbo. Nice.
29 de Agosto – Não estava a sair água para o vidro da frente quando carregava no botão, portanto decidi armar-me em mecânico de Domingo para ver se descobria a causa do problema. Achava que era do botão, mas tentei remover e colocar de novo o fusível primeiro. Estava em bom estado. Após decidir que desmontar a pump seria demasiado complicado, tive a ideia de retirar o stalk inteiro para ver se o problema era do botão. Tecnicamente, estava correto: o problema é mesmo do botão. No entanto, não pude desmontar a peça em si porque não tenho uma chave de Torx assim tão pequena. O ponto positivo é que ficou a funcionar, como que por magia, mas apenas se carregar no botão de um certo ângulo (no canto superior direito, na diagonal). Devo precisar de uma stalk nova, mas para já não me posso meter nisso. Pelo menos sei montá-la quando/se a comprar.
Ah, e devo ser a única pessoa que limpou o pó ao interior da peça de plástico em cima do volante… 😀
09 de Dezembro – Há uma frase que diz “I paid for the whole speedometer, so I’m using the whole speedometer.” (“Paguei pelo conta-quilómetros completo, portanto vou usá-lo todo.”). Por motivos financeiros, tive que optar por seguir essa lógica com os meus pneus de trás. Um dos rastos estava abaixo do limite legal, o que não é ideal durante o Inverno. Eu queria uns Continental iguais, mas tive que poupar uns Euros e optar por uns Mabor Sport-Jet3 da mesma medida, É uma marca portuguesa do grupo Continental, portanto o dinheiro foi (em parte) para a Continental de qualquer das maneiras.
Os dois Continental que ainda estavam em bom estado passaram para trás, e os pneus novos ficaram à frente. Assim, já fica feito um alinhamento e a permuta de pneus “de uma cajadada só”.

2022
19 de Março – Os travões do carro estavam a chiar há algum tempo. Presumi que fossem os calços dos travões que estivessem gastos, mas estava enganado: estavam vidrados. Uma “lixadela” de 10€ e o assunto ficou resolvido.
8 de Janeiro – Óleo novo, finalmente! Após um ano a ser forçado a andar com 5W-40 da Motrio, finalmente pude mudar o óleo para o que devia levar: 5W-20 (Specific 948B da Motul, neste caso), de acordo com a especificação correta da Ford. A diferença nota-se: o motor aguenta andar em baixas rotações sem pedir uma mudança reduzida e vibra menos quando ligo o motor. Também é mais suave quando é preciso aceleração repentina. Irei confirmar no próximo mês se há uma melhoria em termos de consumo. Recomendo a todos que sigam as normas da Ford.
Como foi a revisão anual, também levou os filtros de ar e de óleo, juntamente com um pouco de anti-congelante.

Empresas que recomendo:
Stand Pedro Pinto – Foi o stand onde comprei o carro. Todo o processo e o atendimento ao cliente desde que o comprei foi cinco estrelas.
Georpneus – Foi onde fiz a permuta dos pneus (os de trás para a frente, e vice-versa). Serviço cinco estrelas.

Aspectos Positivos

  • Equilíbrio Entre Conforto/Handling
  • Embraiagem Pesada
  • MyKey
  • Tamanho dos Botões
  • Luz Ambiente
  • Espaços de Arrumação
  • Comandos Áudio no Volante

Aspectos Negativos

  • Rádio
  • Espaço da Mala
  • Ruídos Parasita Ocasionais
  • Vibração do Motor em Ralenti (3 cilindros)
  • Pouca Potência
  • Ausência de uma Sexta Mudança
  • Estado geral do exterior do carro
  • Alguns arranhões no interior
  • Posição do Apoio do Braço Direito

Extras / Alterações

Motor

  • N/A

Audio

  • N/A

Interior

  • Start/Stop
  • Retrovisores e Vidro Traseiro Aquecidos
  • Retrovisores Elétricos
  • Push Button Start
  • Comandos Áudio no Volante
  • MyKey
  • Faróis de Nevoeiro
  • AUX

Exterior

  • Jantes de 16

Imagens

4 Comentários

  1. Mfk33

    Finalmente encontrei uma forma de adicionar fotos ao Diário de Bordo. Presumo que o problema tivesse a ver com o tamanho do ficheiro, portanto decidi reduzir o tamanho das imagens para 1024×576 (ou 1024×768, nas fotos que tirei em 16:9).
    Irei adicionar mais fotos ao longo da semana e no próximo fim-de-semana, se tudo correr bem.

    Mfk33

  2. Mfk33

    Boas a todos! Adicionei várias imagens ao diário de bordo ontem, caso não tenham reparado. Não são todas as que tenho no Fiesta Club Portugal, mas acho que publiquei as essenciais. A resolução de todas, excepto as que foram editadas previamente, é 1024×768. Ainda devo fazer mais uns edits ao texto hoje, se tudo correr bem.
    Desde já, gostaria de agradecer a quem perdeu um pouco do seu tempo a acompanhar a viagem deste Fiesta. Stay safe!

    Mfk33/Eunuco

  3. Mfk33

    Boas! Adicionei os dias 4 e 9 de Maio de 2020 ao diário de bordo, juntamente com uma foto do dia 4. Nada de interessante a assinalar, excepto ter feito uma viagem pequena.

    Mfk33/Eunuco

  4. Mfk33

    Boas a todos! Finalmente atualizei esta página. Também editei o formato, para o tornar um pouco mais fácil de ler. Talvez ainda faça algumas alterações adicionais.

    Mfk33/Eunuco

Inicie sessão ou registe-se para comentar.