Comprar um automóvel usado – Guia essencial

MotoresPT | | 0 Comentários | 2539 Visualizações

comprar automovel usado

A compra de automóveis usados tem vindo a crescer. Se está a pensar em adquirir um, este guia é para si.

Está a pensar trocar de automóvel? Ou está prestes a comprar o primeiro carro? Sabemos que em ambas as situações o ideal seria comprar novo, pois teria mais garantias, um melhor sistema de financiamento entre outras vantagens. Mas quando nos deparamos com tempos de crise, o dinheiro não estica e a necessidade de adquirir o nosso próprio meio de transporte mantém-se. A solução está em equacionar a compra de um carro usado. Por outro lado, o facto de os preços serem mais baixos no mercado de usados possibilita a aquisição daquele automóvel de gama mais elevada que tanto sonhamos ter, quando comparado com os mesmos custos de um veículo novo. Entre as inúmeras possibilidades de comprar um usado é possível encontrarmos grandes negócios, tanto entre os particulares que pretendem vender o seu veículo, como em stands de automóveis ou até mesmo em sites na Internet e anúncios de jornais. Se o seu próximo passo é comprar um carro usado não deverá negligenciar algumas medidas na hora da decisão final.

Comprar um automóvel usado – Guia essencial

  • Estipule um montante mínimo e máximo a gastar, vai ajudá-lo a não perder tempo com ofertas que não interessam de preços demasiado baixos ou demasiado altos.
  • Tenha bem definido a utilização que vai dar ao carro. Se pretende um mono-volume escusa de procurar um carro desportivo.
  • Faça uma pesquisa de mercado, tendo em conta variáveis como a marca, o modelo, o ano e estado geral do veículo, a quilometragem e o equipamento proposto. É muito importante informar-se previamente sobre o valor comercial do que pretende comprar.
  • Comprar a um particular, normalmente é a forma mais barata de adquirir um automóvel usado. Como desvantagem, esse tipo de negócios não têm quaisquer garantias.
  • Não despenda da garantia: no mercado de usados, as garantias oferecidas são normalmente muito limitadas quando comparadas com a compra de um carro novo. Neste caso compensa adquirir uma garantia com mais cobertura com a finalidade de adicionar segurança ao negócio.
  • Verifique o estado dos pneus: analise de perto as condições em que se encontram as rodas. Se tiver de comprar pneus novos, negocie o valor destes com o vendedor porque, como todos nós sabemos, o preço de material novo e bom é elevado.
  • Peça a ajuda de um mecânico. Antes de efectuar a compra é sempre aconselhável leva-lo a um profissional para que este faça uma análise correcta do estado do carro usado. Mesmo que tenha de pagar ao mecânico pelo trabalho, compensa sempre fazer esse pequeno investimento.
  • Na hora de decidir sobre a compra do seu carro é recomendável que faça um test-drive, seguindo estes passos: para verificar a saúde do motor reduza a velocidade bruscamente ou siga uma estrada inclinada em segunda. Para averiguar o estado dos travões, trave normalmente o veículo, se ouvir ruídos metálicos quer dizer que as pastilhas estão gastas. Por fim verifique a caixa de velocidades, engatando todas as marchas a fim de verificar se produzem algum barulho anormal.

Recomendações finais:

Agora que já escolheu o carro que pretende adquirir e conferiu o seu estado, não se intimide no momento de negociar o preço com o vendedor, até chegar a um equilíbrio entre o valor do carro e aquilo que está disposto a pagar.
Reivindique a inclusão no contrato todos os defeitos de mecânica e chapa que o automóvel possa ter.
Muito importante: não efectuar a compra sem antes ter a certeza de que o carro não é furtado ou tem multas pendentes. Só aceite documentos originais e recuse papéis fotocopiados ou com rasuras, ainda que autentificados.

Por último e não menos importante, tenha em conta que a seguinte documentação do veículo está em ordem:

  • Título de registo de propriedade;
  • Selo de circulação;
  • Livrete;
  • Documento de inspecção periódica obrigatória;
  • Livro de revisões;
  • Papel da garantia se a compra for feita num profissional de comércio automóvel;
  • Declaração de venda que deve ser acompanhada da cópia do B.I. ou Cartão do Cidadão do antigo proprietário;
  • Códigos da viatura ou dos equipamentos.

Inicie sessão ou registe-se para comentar.